O que está acontecendo?

Muito além do hábito

Muito além do hábito

Não comas alhos nem cebolas, para que o hálito não denuncie a vilania dos teus hábitos; (...) Janta pouco e ceia menos, que a saúde de todo o corpo se forja na oficina do estômago. Sê moderado no beber, considerando que o vinho em excesso, nem guarda segredos, nem cumpre promessas. Toma cuidado em não comer a dois carrilhos, e a não eructar diante de ninguém.

-- Isso de eructar, é que eu não entendo -- interrompeu Sancho.

-- Eructar, Sancho, quer dizer arrotar, e este é um dos vocábulos mais torpes que tem a nossa língua, apesar de ser muito significativo, e então a gente delicada apelou para o latim, e ao arrotar chama eructar; e ainda que alguns não entendam estes termos, pouco importa, que o uso os irá introduzindo com o tempo, de forma que facilmente se compreendam; e isto é enriquecer a língua, sobre a qual têm poder o vulgo e o uso.

-- Em verdade Senhor -- disse Sancho --, um dos conselhos que hei de levar bem de memória é o de não arrotar, por ser uma coisa que faço muito a miúdo.

-- Eructar, Sancho, e não arrotar -- observou D. Quixote.

-- Pois seja eructar, e assim direi daqui por diante.

(Trecho do livro Dom Quixote de La Mancha, de Miguel de Cervantes)

É consenso entre os pediatras que a obesidade infantil é uma pandemia. O Brasil também começa a sentir o impacto: 33,5% das crianças entre 5 e 9 anos estão com sobrepeso, segundo dados do IBGE. Os efeitos já são terríveis hoje, e a longo prazo serão devastadores se nada for feito.

Exagero? Uma criança de 9 anos com doenças de adulto de meia idade é que é um exagero!

A responsabilidade dos pais obviamente é enorme, mas absolutamente todos estão envolvidos quando o assunto é construir o futuro, do professor ao presidente. Por mais que os pais sejam bons exemplos e bons mestres, criar um filho é travar uma queda de braço com o mundo.

No excelente documentário Muito Além do Peso temos um panorama atual sobre a saúde das crianças brasileiras. De quebra um vislumbre do futuro que estamos construindo naquilo que escolhemos por em suas bocas no café da manhã, almoço e jantar de hoje.

O filme nos faz repensar não só os hábitos que estamos plantando nos pequenos mas também os nossos.

Sei que nem todos se animam a assistir documentários em geral, então pra tentar abrir seu apetite (hehe) e talvez despertar seu interesse em assistir esse em especial, veja essa entrevista divertida com os produtores do filme no programa Agora é Tarde com Danilo Gentili.

http://www.youtube.com/watch?v=QzjE5sNT5to

Achou interessante? Então assista o documentário na íntegra logo abaixo.

MUITO ALÉM DO PESO from Maria Farinha Filmes on Vimeo.