O que está acontecendo?

Fiz essa canção só pra você

Fiz essa canção só pra você

Se você leu o livro 1984, talvez se lembre da parte em que ele fala sobre como era produzida toda a arte naquele mundo distópico. Se não, veja:

Well, hoje eu recebi um email dos meus amigos da Cakewalk com uma oferta tentadora. Um descontão num software que faz de qualquer um um letrista de mão cheia.

Sou a favor da tecnologia aplicada na arte e tal, mas poxa vida, isso é meio pesado. O programa transforma o ato de compor uma letra de música numa tarefa lógica, precisa e metódica de uma maneira absurdamente robótica. Se você estiver com tempo, assista lá o vídeo de demonstração. Não chega a ser um versificador mas passa perto. Excelente ferramenta para quando falta inspiração e o prazo tá vencendo.

Os tempos de hoje: não precisa ser músico para fazer música, existem milhares de softwares esperando apenas mãos habilidosas nos botões. Batida, melodias, tudo na ponta dos dedos. E basta cantar não muito fora do tom e com algum ritmo, pois conserta-se depois com os autotunes da vida. Agora a letra, que não precisa mais de impulso criativo pra ganhar forma e sentido.

Não sei se os músicos entraram em extinção ou é apenas uma metamorfose. O que você acha?

-- It's business, stupid!

Que saudade das quatro pistas que eu nunca mixei ou evitava mixar, Paul my friend.

A propósito, se você curte o processo de criação musical, assista Chaos & Creation.